Apresentação no Teatro de Cultura PopularApresentação no Teatro de Cultura Popular Ainda lembro o dia que entrei na sala do estúdio que eu frequento. Era a primeira aula de tribal, uma fusão de dança do ventre com outros estilos, e quando a professora ia pra um lado, eu ia para o outro. Envergonhada, fiquei lá traz desejando ser invisível, embora não escapasse dos olhos atentos da professora. O meu corpo não acompanhava o raciocínio do movimento e eu pensava, estou com 39 anos isso não vai dar certo.

Entretanto, algo aconteceu naquele dia. Apesar de muitas dificuldades para acompanhar a aula, eu senti uma felicidade que descrever com palavras fica difícil, mesmo com a minha intimidade com elas. Era um misto de alegria, paz e muita energia positiva sendo gerada pelo movimento do corpo ao ritmo de músicas que eu desconhecia.

De lá pra cá não consegui parar. A relação com o corpo, o humor e a autoestima mudou pra melhor. Hoje a dança é um amor conquistado e declarado por mim aonde quer que eu vá. Não existe idade, nem padrão de corpo ou qualquer outro empecilho que criamos para vivenciar a dança ou qualquer outra atividade. O importante é acreditar. Acredita e se jogaaaaaaaaaaa. Bom domingo! Beijos

Pesquisa

Destaques

Estilo é ser você

Crédito: Tiago LimaCrédito: Tiago LimaAcompanhar a moda é difícil, toda hora recebemos informações sobre novidades e o que se deve usar ou deixar de usar, dá uma canseira danada. Mas, pode ser que mesmo você consiga acompanhar o mundo frenético fashion, ainda não alcance o resultado desejado, ter seu próprio estilo. Vamos falar sobre isso agora?!

Leia mais...

Yoga para depois do carnaval e para a vida

Instrutora de yoga , Alana ReisInstrutora de yoga , Alana ReisO seu carnaval foi puxado? Dói tudo nessa quarta-feira de cinzas? Então vamos ficar ligadxs nos alongamentos que a instrutora de yoga, Alana Reis, vai mostrar pra gente fazer em qualquer lugar, na sala de casa, na praia, no trabalho . . .

Leia mais...

.

11344