Eu e ela na inauguraração da academia Cras FitnessEu e ela na inauguraração da academia Cras FitnessConheci Maria do Socorro quando eu tinha 16 anos. Ela era professora de ginástica da minha mãe, para quem resolvi fazer companhia nas aulas. Quando eu cheguei lá, de cara, adorei o astral dessa mulher, uma baixinha danada que falava pelos cotovelos e arrancava boas risadas da gente enquanto fazíamos exercícios.

Esse era o começo de uma grande amizade. Tantas vezes depois das aulas tomávamos um cafezinho olhando as estrelas e conversando sobre os assuntos mais variados.  Porém, com o tempo, mudei de casa e de bairro, e me perdi dela.

Após um período sem notícias, nos reencontramos. Ela, assim como vinho, melhor do que nunca. Aos 70 anos, esposa, mãe e avó, ela ainda é professora de ginástica e, pasmem, é figurinha cativa nas aulas de zumba da cidade.

Mary Help, como é conhecida pelos amigos, e ela tem muitos, sempre me convida para ir às aulas, só tem um problema: eu não acompanho essa mulher, que é energia pura. Geralmente os aulões têm duas horas, eu aguento só uma e com a língua para fora. Ela? faz a aula toda e fica chamando vem para cá, vem dançar. Por isso tudo, ela é a minha primeira entrevistada, porque ela é incrível e tem tanto para nos dizer.

1) Esposa, mãe, avó, dá aulas de ginástica localizada e ainda é a rainha da zumba, como conseguir equilibrar todas essas atividades?

MH- Rainha da zumba é ótimo (risos), agradeço o título, mas todas as mulheres são rainhas da zumba, desde que se sintam felizes com esse ritmo maravilhoso. Acho que tenho o dinamismo no meu DNA. Sempre procurei administrar meu tempo,  criando meus filhos, aprimorando meus conhecimentos na profissão e trabalhando.

2) Como se manter com esse alto astral?

MH- A vontade de ver as pessoas felizes ao meu redor facilita um convívio saudável, porque o meu sentimento é verdadeiro e vem do coração.  As pessoas absorvem essa energia, o que resulta  numa troca de amor verdadeiro com o próximo e em muita alegria. A convivência com as pessoas me nutre de felicidade.

3)Existe uma receita para ser feliz?

MH- Não existe uma receita de felicidade, existe escolher ser feliz. Eu escolhi isso para mim, independente das dificuldades e sonhos não realizados. O importante é olhar o caminho que você percorreu, o que foi construído ao seu redor.  Vejo meus filhos cuidando de suas famílias, tenho netos lindos e saudáveis, então tenho muita gratidão a Deus pelas permissões e experiências boas e más que me fizeram enxergar a essência da vida, que é SER FELIZ.

 

Pesquisa

Destaques

Estilo é ser você

Crédito: Tiago LimaCrédito: Tiago LimaAcompanhar a moda é difícil, toda hora recebemos informações sobre novidades e o que se deve usar ou deixar de usar, dá uma canseira danada. Mas, pode ser que mesmo você consiga acompanhar o mundo frenético fashion, ainda não alcance o resultado desejado, ter seu próprio estilo. Vamos falar sobre isso agora?!

Leia mais...

Quem dança seus males espanta

Apresentação no Teatro de Cultura PopularApresentação no Teatro de Cultura Popular

Ainda lembro o dia que entrei na sala do estúdio que eu frequento. Era a primeira aula de tribal, uma fusão de dança do ventre com outros estilos, e quando a professora ia pra um lado, eu ia para o outro. Envergonhada, fiquei lá traz desejando ser invisível, embora não escapasse dos olhos atentos da professora. O meu corpo não acompanhava o raciocínio do movimento e eu pensava, estou com 39 anos isso não vai dar certo.

Leia mais...

.

13230